Seu navegador no suporta JavaScript. Algumas funes deste site podem no funcionar.
Receba as atualizações do site por rss ou

Doenças que Atrapalham a Vida Sexual

Quando não é seguro, o ato sexual pode provocar uma série de doenças, dentre elas a Aids. Até ai nenhuma novidade.Pouco se fala, no entanto, das diversas doenças que atrapalham e que em alguns casos, chegam a impedir o sexo. ¨Só há dois instintos mais fortes que o sexo:a fome e a sobrevivência .Porém, qualquer doença debilitante diminui o desejo sexual. Com dor ou doente dificilmente uma pessoa tem vontade de transar¨. Sejam de natureza clínica ou de ordem emocional, como a depressão, que chega a atingir 25% das pessoas com mais de 60 anos, são muitas as doenças que contribuem para esfriar a vida sexual.

Qualquer tipo de má alimentação provoca anemia e debilidade no organismo , tirando completamente a vontade de fazer sexo. Um simples exame de sangue para detectar a quantidade de hemacias pode curar um caso de inapetência sexual, ajudando a salvar um relacionamento. A mais óbvia de todas as doenças que comprometem o desempenhona cama é a disfunção eretil, que em menor ou maior grau , atordoa a vida da metade daos homens. A disfunção eretil pode ser o primeiro sinal de um problema cardiaco conhecido ou não pelo paciente. Devido a obstrução dos vasos na região do pênis, o sangue não consegue endurecê-lo.

O que dizer então , dos vasos do coração? Portanto uma disfunção eretil , principalmente entre sedentarios e obesos é um alerta para proceder a um exame cardiológico , partindo depois entãopara uma avaliação com um sexólogo.

Pessoas com obesidade tambem costumam relatar empobrecimento sexual. ainda mais quando esta associado ao diabetes, que acomete mais de 7 milhões de pessoas no Brasil e que deve atingir, segundo a Organização Mundial de Saúde, cerca de 11,3 milhões em 2030.

Mulheres com diabetes costumam ter problemas de fungo e corrimento crônico de aspecto leitoso pela alteração do meio vaginal causando feridas e lacerações, impedindo o coito pela dor causada. O homem deve também ser tratado para evitar recontaminação da parceira. Alterações no funcionamento da tireóide, muito comum em mulheres na idade da menopausa costuma acometer de 1% a 3% da população , diminuindo a libido pelo aumento de um hormônio chamado prolactina , um simples exame de sangue é o suficiente para o diagnostico e tratamento.

Outro constrangimento sexual muito comum é a halitose (mau hálito) que atinge aproximadamente 40% da população brasileira , causada pela má escovação dos dentes, sendo provocada por bactérias resultantes de residuos alimentares , podendo ocorrer tambem por acidez estomacal ou mesmo ansiedade.

A artrose, doença degenerativa que atinge quase a totalidade das pessoas acima dos 70 anos, costuma render muitos casos de problema na cama, pois quem desenvolve artrose de quadril costuma se queixar de dores na virilha, manca como se uma perna estivesse mais curta do que a outra , passa a ter dificuldades de se movimentar e até em realizar tarefas simples como calçar meias e sapatos. O ato sexualpode ficar comprometido por causa da limitação dos quadris.

Portanto, para uma vida sexual saudavel e alegre é necessário desde cedo investir na saúde, realizando um exame mèdico completo anual, pois assim sua vida sexual se prolongará mais.

Um Comentário para "Doenças que Atrapalham a Vida Sexual"

Deixe seu comentário